terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Bolo de chocolate ao pequeno-almoço



 Há notícias que nos deixam naturalmente felizes e há uns dias deparei-me com uma dessas. Imaginem um título assim: bolo de chocolate ajuda a emagrecer. Há melhor? E não era dia das mentiras, certifiquei-me depois, olhando para o calendário do telemóvel.

 Já se sabia que o chocolate traz bastantes benefícios, mas há dias uma notícia no Telegragh deixou-me à beira da euforia. E isto de sair num jornal estrangeiro, ainda por cima das terras de sua majestade, tem outra força, outra credibilidade.

   Li o título e nem cria nos meus olhos. Resolvi ler outra vez. Ah! Mas (há sempre um «mas»)... ainda nem me tinha refeito de tanta felicidade e já estava uma nuvem negra a pairar! Leiam, leiam o título com atenção...

Chocolate cake breakfast could help you lose weight 

  Perceberam?! Bolo de chocolate ao pequeno-almoço pode ajudá-lo a perder peso. Perceberam?! «Could?» (ou seja, «pode»). Isto é coisa que se faça? Ainda uma pessoa nem chegou a meio do título e já a felicidade começa a esmorecer. O «pode» deixa algumas reservas... afinal o bolo de chocolate ao pequeno-almoço não resulta sempre? Eu já desejosa de procurar mil e uma receitas de bolos de chocolate (que existem de certeza, se calhar mais do que as de bacalhau) e um mísero verbo («could») a estragar-me a festa! É que eram duas palavras mágicas: chocolate e emagrecer! Ainda por cima juntas! Há alegria maior?! Bem, vamos acreditar que a sorte vai bafejar-nos e que somos aqueles felizardos a quem o bolo de chocolate emagrece, se ingerido ao pequeno-almoço...

  Desde o tempo em que a minha querida (e naquela altura futura) sogra me pôs uma ervilha debaixo de uma enormidade de colchões, os quilos foram-se acumulando. Os banquetes e as obrigações oficiais não me largam (sempre com petiscos pelo meio, lanches e lanchinhos, brunch e jantares reais....um sem fim de refeições às quais não me posso esquivar).  Se fosse agora, a ervilha teria ficado toda espalmadinha. Claro que há aqui algum exagero, mas a balança aqui do palácio não me engana, portanto vou experimentar as dicas do afamado jornal inglês. 

  Antes de ir procurar receitas novas, começo por esta receita que está na família quase desde o tempo em que o cacau foi trazido das américas (sim, hoje estou um pouco dada a exageros...). Este bolo tem a vantagem de ter pouco açúcar, mas se forem um pouco gulosos, podem acrescentar mais um pouco. Até ao dobro da dose, se forem mesmo, mesmo gulosos. Mas depois não digam que a estratégia não funciona...




  Ingredientes 
 1 caneca de farinha branca
 1 cabeca de farinha integral
 1 caneca de açúcar mascavado
 1 caneca de chocolate em pó (metade pode ser cacau)
 1 caneca de óleo
 1 caneca de leite quente
 1 colher de chá de fermento
 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
 4 ovos médios

  Preparação
  Coloque os primeiros 6 ingredientes numa taça e misture-os bem para o bolo  ganhar ar e ficar bem fofo. Junte os ovos, o fermento e o bicarbonato de sódio. Misture bem. Coloque numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha. Leve a forno pré-aquecido a 180 graus durante 40 a 50 minutos.

  Depois, já sabe: é comê-lo (só) ao pequeno-almoço.

Desenho daqui.

6 comentários:

  1. :-)) Caríssima Princesa: concordo consigo, notícias envolvendo chocolate e pequeno-almoço só com evidência máxima e sem margem para dúvidas ou a malta confunde-se. Dissessem que a boa disposição ao pequeno-almoço emagrecia e dava saúde e o estudo do chocolate era desnecessário :-))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senti-me mesmo enganada! Estas notícias são para aqueles que não detetam as tais «ervilhas»! Azar o meu... ou não! :)

      Eliminar
  2. :))

    Eu como com frequência chocolate especialmente o preto. O Lidl tem uns muito bons a 81% de cacau, valem a pena.
    Como a qualquer hora do dia :)

    Tenho que experimentar fazer o teu bolo :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o meu chocolate preferido é o negro. O outro é demasiado doce.

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Mal li o título do post, vim a correr qual Speedy Gonzalez. Parecia uma receita simples para uma vida feliz. Afinal, havia um "pode" no meio de tudo isto. Certamente que o "pode" corresponderá a "resulta se fizer 3 horas de exercício todos os dias", "resulta se não comer mais nada durante o resto do dia", "resulta se der apenas três dentadas numa fatia". Já estamos habituadas a estas meias-verdades. Nesta sociedade moderna, já não há certezas sobre nada. Nem sobre bolos e chocolate. Snif! Snif!

    Um beijinho, Princesa, e obrigada pela receita (ia mesmo bem com um chazinho quentinho)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miss Smile,

      Da próxima vez, levo para o nosso chá. Ou será melhor marcarmos um pequeno-almoço? :) Depois vamos ao ginásio, só para nos precavermos...

      Um beijinho. Snif!

      Eliminar