sexta-feira, 11 de novembro de 2016

luz

   «There is a crack, a crack in everything
   That's how the light gets in»

    Leonard Cohen

   A escuridão chegou um dia sem aviso, como se fosse uma qualquer previsibilidade, uma chuva que cai no outono, um vento que surge ao fim de uma tarde, mais uma noite que chega quando o Sol se põe... Sem condescendência nenhuma por mim nem por ninguém, instalou-se. Com ela, instalou-se também a confusão que naturalmente nos domina quando nos encontramos perdidos no meio de um turbilhão, às escuras,  sem luz para nos guiar. Agora, aos poucos, mas de forma intermitente, uma luz vai-se, entretanto, anunciando.  Vejo-a, ténue, a aproximar-se. É a saída? É um comboio que se aproxima?